quarta-feira, 28 de abril de 2021

"Miúdos a votos: quais os livros + fixes" 

Resultados da votação na ESHM

A nossa escola aderiu, pelo 6.º ano consecutivo, à iniciativa “Miúdos a votos: quais os livros mais fixes?”, promovida pela revista VISÃO Júnior e pela Rede de Bibliotecas Escolares. Esta iniciativa visa, para além de promover o livro e a leitura, dar a conhecer em profundidade como se desenrola um processo eleitoral e para que serve, dando voz às crianças e jovens portugueses, habitualmente pouco auscultados em processos de decisão que lhes dizem respeito, ajudando a formar cidadãos de pleno direito.

Depois de as escolas, através das Bibliotecas Escolares, terem procedido à sua inscrição, manifestando interesse em participar nesta iniciativa – o que corresponde, num ato eleitoral, à fase de recenseamento – os alunos, até ao 9.º ano de escolaridade, apresentaram a sua candidatura, com a proposta de um livro cuja leitura tenham gostado particularmente.

A partir de todos os títulos apresentados pelos alunos do país foi constituída uma lista final nacional. Para entrar na referida lista, cada livro proposto teve que reunir um número mínimo de 20 candidaturas a nível nacional, tal como um candidato a umas eleições presidenciais tem que apresentar um número mínimo de assinaturas.

Da lista final nacional constavam os títulos “Meu pé de laranja Lima”, de José Mauro de Vasconcelos, e "O Principezinho", da autoria de Antoine Saint-Exupéry, defendidos, na nossa escola, pelos alunos do 9.ºA e 9.ºE, respetivamente. Com o intuito de colherem o maior número de votos possível, estes alunos desenvolveram várias ações de campanha - elaboração de cartazes, gravação de podcasts e sessões de esclarecimento junto de todas as turmas do 3.º Ciclo.

Depois da campanha eleitoral levada a cabo por estes alunos, teve lugar o dia da votação, a 27 de abril Todos os alunos do 3.º Ciclo foram chamados a votar num dos 20 livros candidatos a nível nacional. De forma cívica, aguardavam pela sua vez, até passarem pela mesa de voto, recolhiam o boletim de voto e dirigiam-se para trás de um biombo, para, sigilosamente, escolherem o livro da sua preferência. 

Terminado o escrutínio, verificou-se, com agrado, que a campanha surtiu efeito, pois os livros mais votados na escola foram “O Principezinho”, seguido de "O Meu pé de laranja lima", colhendo 73 e 36 votos, respetivamente, de um total de 264.


Sem comentários: