sexta-feira, 29 de abril de 2022

 Projeto Debaqi

Nos dias 22 e 28 de abril, os alunos do 10.ºA e 10.ºB, respetivamente, participaram em mais um debate no âmbito do projeto Debaqi. Este projeto, desenvolvido pelo Centro de Investigação em Comunicações Aplicadas e Novas Tecnologias da Universidade Lusófona de Lisboa (CICANT, ULHT) em parceria com a RBE, tem como objetivo principal contribuir para diálogos saudáveis online, isto é, diálogos em que predomina a cordialidade, o respeito pelo outro, a atitude construtiva e reflexiva. Operacionaliza-se através de conversa social/discussões livres entre alunos de escolas secundárias, a partir de temas previamente definidos. 

Durante o ano letivo, são agendadas sessões de debate online, com alunos de outras escolas, que decorrem nas Bibliotecas Escolares. Alterações climáticas, Ambiente, Consumismo, Identidade individual, Desinformação, Discriminação e segregação, Felicidade, Igualdade de género, Liberdade na Internet, Migrações, Privacidade, Racismo, Representação nas redes sociais, Saúde e bem estar, Vacinação e Violência de género são alguns dos temas que os alunos têm oportunidade de debater ao longo das sessões. As discussões são suportadas numa plataforma de comunicação criada expressamente para o efeito pelo CICANT, que funciona como uma rede social fechada, privada e anónima. A moderação é feita, a distância, por membros da equipa CICANT, sendo que a discussão do tema parte sempre da visualização de um vídeo.






terça-feira, 26 de abril de 2022

Escape-Room "25 de Abril"

Nos dias 27 e 28 de abril, a Biblioteca Escolar desafia os alunos a desvendar alguns enigmas relacionados com o 25 de Abril de 1974, numa Escape-Room construída para o efeito e à qual se pode aceder, na biblioteca, através de um QrCode.

Se participas na atividade, as respostas aos enigmas devem ser registadas aqui.











 

"Uma oliveira para Saramago"

No passado dia 4 de abril, dando prosseguimento às Comemorações do Centenário de José Saramago, um grupo de alunos com Acomodações Curriculares Significativas, orientados pelo professor Hipólito Maia, procederam à plantação de uma oliveira, batizada de Blimunda, em homenagem à personagem do livro "Memorial do Convento".

Assim, a oliveira Blimunda, depois de ter estado em exposição durante uma temporada, encontrou o seu lugar definitivo no jardim, junto à Biblioteca. Esperamos que cresça saudável e nos proporcione muita inspiração.