quinta-feira, 25 de maio de 2017

Uma noite com “sentidos”

No passado dia 19 de maio, aconteceu mais uma noite de sarau, desta vez, dedicada aos sentidos.
Apelar aos sentidos através da leitura de textos escritos por grandes vultos da Literatura Portuguesa foi um dos principais objetivos do XIII Sarau Cultural. Durante aproximadamente duas horas, assistiu-se à atuação de alunos, professores, assistentes operacionais e encarregados de educação, que prepararam a leitura de textos, ensaiaram coreografias e canções para que os sentidos fossem despertados e postos à prova. Num ambiente acolhedor e descontraído, o público manteve-se atento e envolvido em todos os momentos do espetáculo.
O sarau terminou com a intervenção de um coro, constituído por professores e elementos da Associação de Pais e Encarregados de Educação, que interpretou o poema “Cantata da Paz”, escrito por Sophia de Mello Breyner.
Com os sentidos mais apurados, o público despediu-se satisfeito e com a promessa de voltar no próximo ano.


















terça-feira, 9 de maio de 2017

Duas finalistas na 2ª Fase do CNL

No passado dia 5, em Vila Verde, a nossa escola participou na fase regional - Comunidade Intermunicipal do Cávado - da 11ª edição do Concurso Nacional de Leitura, com os alunos Ema Brás, Lara Costa e Maria Sousa, do ensino básico, e Ana Lima, Leonor Ribeiro e Rui Miranda, do ensino secundário.
O Concurso contou com a participação de 160 alunos, oriundos das escolas de Amares, Vila Verde, Terras de Bouro, Braga, Barcelos e Esposende. 
Realizada a prova escrita, fomos todos convidados a assistir à segunda parte do concurso. A prova-espetáculo que se seguiui correu de forma muito entusiástica, em especial, para a ESHM, que, na hora do anúncio dos cinco melhores concorrentes, de cada ciclo de ensino, da prova escrita, ouviu soar o nome de dois dos seus alunos: Leonor Ribeiro e, mais tarde, Lara Costa, tendo sido apuradas para a prova oral. 
Foi memorável ver o espírito de união entre os alunos da nossa escola e a forma como vibraram com a presença das finalistas na prova oral. As nossas alunas tiveram, aí, uma prestação brilhante, mas, infelizmente, não foram contempladas com a sua presença na Fase Nacional/Final do Concurso. Apesar disso, todos os alunos estão de parabéns, mesmo os que não chegaram à prova oral, por terem participado e dignificado a nossa escola. Foi, sem dúvida, uma experiência inesquecível para todos e, certamente, deixou em todos eles a vontade, de, no próximo ano, voltarem.

Parabéns a todos, boas leituras e nunca deixem de acreditar nos sonhos!